De acordo com uma recente pesquisa, publicada no semanário Le Pèlerin, um em cada dois franceses pensa que a entrada em circulação do Euro foi má para o país. Por sua vez, 94% dos entrevistados considera que a moeda única provocou um aumento nos preços no país.
Por outro lado, apenas 25% dos franceses faz constantemente a conversão de euros para francos enquanto faz as suas compras.
São números curiosos. Apesar dos franceses nunca terem sido euro-fanáticos – lembrem-se do chumbo gaulês à Constituição europeia há alguns meses atrás – é de ressaltar o facto de uma das principais economias da Europa estar a ressentir-se do aumento dos preços com a entrada em vigor do Euro. Aumento esse que foi efectivo na maioria dos países que aderiram à moeda única e considerado um « mal necessário » pelos especialistas.
Em relação à conversão do euro em francos, gostaria de ver números portugueses para esse inquérito. Espanta-me a quantidade de jornalistas, apresentadores de TV, políticos e formadores de opinião, constantemente a dizer nos meios de comunicação : « cem contos na moeda antiga ». Está na hora das coisas mudarem em Portugal.